Resident Evil 4: o que podemos esperar do remake?

2023 já está tomando forma no mundo dos jogos, e março o confirma com o lançamento do remake Resident Evil 4. Sim! A saga que colocou o Survival Horror no grande palco está chegando para quebrar o mercado com o remake de um clássico 😎, que a partir de 24 de março estará disponível para PS5, PS4, Xbox Series X, Xbox Series S e PC através do Steam.

¿Ilusión? Mucha. ¿Ansiedad? Demasiada. ¿Expectativas? Eso es difícil responderlo con una sola palabra, sobre todo teniendo en cuenta toda la info que se ha filtrado con antelación. Por eso, en este posteo intentaremos bajar a la tierra todo lo que esperamos de esta remake que nos tiene en vilo desde que sabemos de su desarrollo y que promete conservar su esencia, potenciándola con diversas novedades.

Entusiasmo? Muito. Ansiedade? Demasiado. Expectativas? Isso é difícil de responder com apenas uma palavra, especialmente considerando todas as informações que foram divulgadas antecipadamente. É por isso que, neste post, vamos tentar trazer à Terra tudo o que esperamos deste remake que nos tem mantido ansiosos desde que conhecemos seu desenvolvimento e que promete manter sua essência, aprimorando-a com várias novidades.

via GIPHY

Uma surpresa (para melhor, é claro) é a nova habilidade de Leon de se unir com sua faca, que virá mesmo a calhar quando a peste decidir atacar. Apenas uma coisa a ter em mente: a faca se desgastará com o uso, portanto você precisará saber como usá-la com parcimônia.

E digo isto porque também poderemos usá-la de outras maneiras… Na verdade, outra novidade importante é que encontraremos novos movimentos de finalização que envolvam a faca 🔪. Não para os fracos de coração, Leon será capaz de tirar vantagem da vulnerabilidade dos inimigos no chão para se aproximar e cortar suas gargantas.

Mas nosso fiel e afiado companheiro não será nossa única opção, e podemos até dizer que nossa extensão de possibilidades será ainda maior! E tudo graças ao Bolt Thrower, minas explosivas presas a parafusos silenciosos que nos permitirão derrubar vários inimigos distantes de forma muito furtiva.

Na mesma linha, algo que também gostaríamos de destacar é o sigilo 🤫. Tanto quanto sabemos, Leon poderá usar este mecanismo para se aproximar dos inimigos e terminar seu trabalho com a faca, mas também será nosso principal aliado ao enfrentar Garrador, um inimigo totalmente cego que logicamente usa o som para identificar a localização de Leon e realizar seus ataques.

E se estamos falando de inimigos, lutas e confrontos, é impossível não mencionar a batalha (faca na mão) que teremos com Jack Krauser, ex-companheiro de equipe de Leon. E que, segundo o spoiler da própria Capcom, será marcadamente diferente do QTE da versão original. Isto será graças à nova mecânica incluída no jogo.

via GIPHY

Outro ponto interessante é a inclusão de missões secundárias, que poderemos identificar através dos sinais azuis pendurados em vários lugares no mapa 🗺, e teremos um papel mais proeminente, em comparação com a versão de 2005. De que tipo de ações estamos falando? Desde encontrar um ovo de galinha estranho, até encontrar um cão infectado e eliminá-lo, o que naturalmente envolverá algum tipo de recompensa.

A cereja no bolo 🍓? Os poderes de Ashley Graham, filha do Presidente dos Estados Unidos, a quem devemos resgatar. Neste remake, Ashley poderá abrir portas e receber certas indicações de Leon. Mas não só isso, porque os produtores também prestaram atenção a um detalhe importante, e que é sua roupa, que pouco teve a ver com o frio predominante nas terras européias.

Tendo dito tudo isso, o que esperamos desta nova parcela é muito. De sentir o terror novamente graças à receita que a tornou um clássico sem objeção… Até experimentar a surpresa da inclusão destas mudanças e melhorias que prometem dar-lhe uma atualização que elevará a barra que já foi colocada muito alto.

Os melhores presentes para um GEEK Vol. II

Renovamos nossa lista dos 10 presentes mais épicos e nerds para comemorar o Dia do Orgulho Nerd.

Jejum de internet: o que é, o caso do Japão e a relação da internet com a dopamina

No Dia da Internet, comemoramos os avanços e as possibilidades da era digital, ao mesmo tempo em que refletimos sobre a importância do uso responsável e consciente da Internet e da tecnologia.

WannaCry, o dia em que o mundo inteiro aprendeu sobre ransomware

O ataque WannaCry em 2017 foi um momento decisivo na história da cibersegurança: foi o maior ciberataque já visto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Posts recomendados